\\ Pesquise no Blog

terça-feira, 20 de abril de 2010

Para os Vladimirs, Estragons e luiz Carlos que, por incrível que pareça, existem por aí.

As primeiras palavras são sempre difíceis, depois de escritas encaminham o restante das outras para um caminho sem volta e aquilo que não retorna é um perigo. Não é nada disso que eu deveria dizer, vou tentar voltar e começar de novo para mais uma vez tentar dizer o que devo dizer, entenda, é difícil falar de você pois falar de ti é me encontrar e me perder e talvez perceber que tudo isso é um engano. Falar de você é contar poesias por mais que isso seja estranho e não sei fazer poesia, você sabe, você nasceu no mundo e aceitou o abismo sem causar mortes, entende? Isso é alguma coisa indizível. Você é o não dito, o não feito, o não acontecido. E ainda assim você existe. Não é incrível? Não é incrível?

Faço uma pausa porque falar de você desperta minhas emoções primárias e o retorno delas me causa estranhamento, e não consigo deixar de estranhar o fato de você me achar estranha. Você estranha o que a mim é estranho mas em lugares diferentes. Completamente diferentes. Se você soubesse, se você imaginasse o mundo em que vivo... talvez você soubesse te tudo e eu não saberia de nada.

Talvez enquanto escrevo palavras em partos prematuros você escreve livros em capas de veludo.

E como isso é engraçado, como isso é bonito, estávamos representando, eu e você, só que você se saiu muito melhor do que eu, infinitamente melhor, você não mentiu e eu pequei. Várias vezes.

Ela: Oi. prazer Estragon. Você Vladimir?

Ele: Não. O que é isso? Estragon? Nome Russo?

Ela: (Eu rio) não se pode mais rir. Não, não é russo.

Ele: Eu sou Luiz, depois Carlos, Luiz Carlos.

Ela: Eu sou Flávia, gostaria de ser Flávia Helena, mas sou apenas Flávia. Estou esperando Godot. E você?

Ele: eu não.

Ela. Ah tá. Ele, Godot,disse que viria hoje mas pode ser que tenha vindo ontem e se veio ontem hoje não virá.

Ele: se não vier hoje vem amanhã.

Ela: Como é que você sabe? Se você não é Vladimir mas Luis Carlos como é que você sabe? Me diz como é que você sabe? se eu que tanto quis que tanto pedi que tanto implorei, que tanto estudei eu ainda não sei, ainda não encontrei, como você sabe? Como você consegue estar aqui, ser o que é e não morrer e não matar, e não sentir medo e não se enforcar, como você consegue? Eu que tanto pedi, que tanto chorei, que tanto sofri eu não consegui eu não aguentei como você consegue? Me diz como você consegue?

Nada disso aconteceu. Está tudo bem. Foi apenas uma representação. Ela está desesperada, mas vai passar. Ele não se desespera e não vai passar.

Ela deseja a morte.

Ele não deseja nada.

Ela mentiu pra ele.

Ele ensinou ela a viver.

Talvez se encontrem mais uma vez e brinquem de serem outros. ele o mesmo, ela o mesmo outro.

3 comentários:

Diogo Liberano disse...

vamos brincar de ANAGRAMA:
"Não é nada disso que eu deveria dizer, vou tentar voltar e começar de novo para mais uma vez tentar dizer o que devo dizer,"

"é disso nada que eu deveria dizer, Não vou tentar voltar e começar de novo para uma vez dizer o que devo dizer, tentar mais"

qual das duas está errada? existe o ERRO? ou melhor, IMPORTA? pra quem vê, talvez..


>>>>>

Ela mentiu pra ele

ELA PARA ELE, MENTIU! vindo de uma atriz, meu amor, eu tenho certeza que sua mentira foi a verdade mais forte naquele dia. uma oferenda, sabe? seu corpo estava lá. você estava lá. você não mentiu para ele. você mentiu para ele. percebe a diferença? a vida continua gritando, POESIA.

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

uma coisa que queria ter te perguntado: SERÁ QUE ELE ESTÁ ESPERANDO VOCÊ APARECER DE NOVO?

Flávia Naves "O caos reina, oba!" disse...

penso nisso todos os dias. Todos os dias em que passo nas proximidades do ponto de ônibus olho em volta na tentativa de vê-lo mais uma vez. Eu o procuro em cada homem de rua que encontro pelas calçadas, pelas ruas. Acho que ele espera sim me ver de novo, pelo menos gostaria de pensar que ele gostaria isso, pois eu espero.

Flávia Naves "O caos reina, oba!" disse...

brincar de anagrama é maravilhoso e adorei o mentiu para ele. achei incrível, achei generoso, da sua parte mais que da minha. você me engrandece.