\\ Pesquise no Blog

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Perdidos no tempo e no espaco, os personagens se esforcam para achar alguma ordem. Repetem, repetem, repetem... se perdem ao final de cada tentativa, mas exaustos recomecam. Privados do riso, desesperados, procuram preencher a enorme vala da espera.

Nenhum comentário: