\\ Pesquise no Blog

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Nem o título disso eu sei.

Entrei aqui toda animada pra postar trechos de um texto sobre Van Gogh. Na hora da leitura, até já faz um tempo, estive completamente entusiasmada com o que lia - cheguei até a substituir "Van Gogh" ou "a pintura" por Godot algumas vezes, muito orgulhosa das minhas descobertas da semelhança entre ele e o nosso Godotzinho.

Mas não consigo transcrever! Não consigo nem pegar o texto pra reler. É tudo tão lindo, tão interessante, tão ótimo... que não dá.

Sabem, a gente se encontra no domingo pra começar o processo de levantamento da nossa peça. E agora me ocorre que não dá pra gente ter mais material... Tô com medo de colocar mais coisas de fora. O que eu sinto agora é que a gente precisa mergulhar no que é nosso, no que a gente construiu não só desde o nosso primeiro encontro, mas durante nossas vidas. As nossas substâncias. Do que fomos feitos. Acho que vou chegar no ensaio de domingo estando lá mais que nunca. Me levando, e só!

Ou não.
Ou talvez eu poste daqui a pouquinho o texto do Van Gogh; vcs não sabem como é uma delícia...

Nenhum comentário: