\\ Pesquise no Blog

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Sétima \\\\\\\

Fizeram um bom trabalho. Acho que elas percebem que a cena que interromperam rendeu alguma coisa. Mas, é inevitável, elas têm que boicotar tudo para não se acostumarem com a segurança. Param encostadas na mesa e reiteram a espera de Godot, não há trauma, há escolhas. Então, por que não tentar outra coisa? Lucky agoniza, deixa cair ao chão a cadeira com a caixa amplificadora e o pedestal. Estica a coluna, tenta se reconfortar, tenta fazer a dor partir. Enquanto isso, as outras três seguem num vagão textual. Como um trem, vão dizendo as palavras num mesmo ritmo como se cada palavra fosse um vagão de um trem imenso e sempre indo, sempre em movimento, partindo, sem deixar risco, memória, sem deixar nada exceto a vaga noção de sua existência. O vagão segue, as palavras são suas partes, elas fazem rodízio e não há mais personagens, há apenas o verbo indo embora como se não tivesse importância. E não tem. Lucky termina de montar toda a estrutura de sua palestra e as três se acomadam em suas cadeiras, de costas para o público. Pense, porco!

O porco pensa, ele pensa, ele articula algumas várias referências e nos dá um nó na compreensão. Ele fala de deus, do homem, da morte, da existência, da ciência, da religião, dos esportes e do amor. Lucky fala de tudo aquilo que não compreendemos, percebem? E responde a tudo isso. Para ele, a resposta está no tempo. Resposta vaga, sr. Lucky. Mas é sincera, apesar de ser equivocada. O tempo dirá! Não, o tempo não dirá nada, levanta essa bunda daí e procure uma resposta, sem isso, nada acontecerá. Por vezes no seu monólogo, somos perfurados por Vladimir, Pozzo e Estragon, que sentados, reagem ao monólogo com gestos que se repetem e assinalam a incompreensão (ou não. OU NÃO).

PORQUE AS TRÊS ALI NAQUELA RAIA SENTADA, NÃO REAGEM AO LUCKY. REAGEM A SI MESMAS, EM PRIMEIRO LUGAR. NÃO NOS OBRIGUEM A ACHAR SENTIDO NO SEU SENTIDO JÁ IMPRESSO. QUEREMOS SER CRIADORES DO SENTIDO E NÃO OBRIGADOS A CONSUMIR AQUILO QUE VOCÊ JULGA FAZER SENTIDO. PORTANTO, PERMANEÇAM NO JOGO ENTRE VOCÊS QUE O DESTINO A GENTE COMPLETA. LUCKY, A SUA FORÇA É AGORA. A SUA REVOLTA É AGORA. TEM UMA MULTIDÃO ALÉM DAS PAREDES QUERENDO TE OUVIR E TEM VOCÊ UM MICROFONE, PARA DAR UMA HELP. ATENÇÃO AO CORPO, AO ANDAR.

Nenhum comentário: